Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Fla promete autonomia a Muricy e R$ 12 milhões para CT

Wallace e Paulo Victor pagaram reforma no vestiário do Ninho do Urubu. Guerrero, que já foi visto dormindo em maca, e Ederson se impressionaram negativamente com o CT


Entrada do Ninho do Urubu, no Rio (Foto: Fred Gomes
Ao desembarcar no Rio de Janeiro na manhã desta terça-feira, Muricy Ramalho bebericava um café quando foi abordado por um torcedor. Selfie feita, o novo técnico do Flamengo recebeu o desejo de boas-vindas, mas com um adendo: “Espero que você tenha autonomia”. No que o treinador respondeu de bate-pronto: “Isso eu tenho”. Com uma diretoria que ficou marcada pelas decisões tomadas numa espécie de colegiado - o Conselho Gestor - no primeiro triênio, Muricy deixou claro que no campo e bola quem dá as cartas é ele. O técnico chega com promessas de reforços e investimento na estrutura do Ninho do Urubu, que passou por alguns episódios curiosos na atual temporada. 
Durante as negociações para o acerto com o Flamengo, Muricy ouviu da atual diretoria - reeleita na noite de segunda-feira para mais três anos de mandato - que o clube terá em 2016 por volta de R$ 12 milhões para investir na conclusão da parte do CT destinada aos profissionais. O Ninho, que começou a ser deixado de lado ainda na gestão anterior, de Patricia Amorim, e continuou assim com Bandeira, há anos tem apenas instalações provisórias que viraram permanentes. As obras ou ficaram paradas ou andaram em ritmo lento, e a estrutura é bem abaixo do ideal, seja na sala de musculação ou nos alojamentos que até hoje se mantém com camas beliches que são rejeitadas pelos jogadores.
- Me chamaram a atenção a convicção e a seriedade dos dirigentes de querer melhorar o Flamengo em todos os níveis, ou seja, estrutural e também de resultados - disse Muricy ao chegar ao Rio de Janeiro, nessa terça-feira.
O dinheiro para ser investido no CT é fruto da inclusão do Flamengo no Profut (Programa de Modernização da Gestão e de Responsabilidade Fiscal do Futebol Brasileiro). A ideia é que o módulo profissional do Ninho do Urubu esteja pronto até outubro de 2016, segundo o vice-presidente de patrimônio, Alexandre Wrobel. O espaço que está sendo utilizado atualmente pelos profissionais ficará para as categorias de base quando o centro de treinamento tiver as obras completamente finalizadas. A conclusão do projeto da base está estimada em mais R$ 25 milhões ao longo de três anos.
- O Muricy tomou consciência das deficiências, temos vantagens e desvantagens, e ele decidiu comprar o pacote. A conclusão do módulo profissional do CT para 2016 já era um projeto nosso, garantimos que estará concluído - afirmou o presidente Eduardo Bandeira de Mello, em participação no Seleção SporTV de terça. 
"Vaquinha" de PV e Wallace; "europeus" incomodados
ninho do urubu (Foto: divulgação)Piso do vestiário do Ninho que foi bancado por Paulo Victor e Wallace (Foto: divulgação)
Na atual temporada, alguns episódios demonstraram a precariedade do CT e o incômodo dos jogadores. Em março, Paulo Victor e Wallace tiveram iniciativa, fizeram um rateio e bancaram do próprio bolso a colocação de um novo piso no vestiário e mais alguns retoques, como a personalização dos armários dos atletas, num valor total de cerca de R$ 12 mil. Na ocasião, a direção garantiu aos dois que os reembolsaria, o que nove meses depois ainda não aconteceu. Procurado pelo GloboEsporte.com, Wallim Vasconcellos, então vice de patrimônio e responsável pelo Ninho, disse que só foi saber do episódio um tempo depois e preferiu não comentar o assunto.
Em outro momento, em um dia de treino integral, Guerrero abriu mão de tirar um cochilo em uma das beliches que ficam nos contêineres para dormir na maca. Um dos jogadores do elenco chegou a registrar o momento com uma foto feita pelo telefone celular.
Por falar no peruano, tanto ele quando Ederson, que estão acostumados ao nível europeu dos centros de treinamento, ficaram impressionados de forma negativa com a estrutura do Ninho, principalmente na parte de equipamentos de reabilitação. Os dois, por sinal, passaram bom tempo no departamento médico nos últimos meses.
- Mas isso é inquestionável. Qual é a dúvida? Não vamos tapar o sol com a peneira, não vamos falar que nosso CT é de primeiríssimo mundo. Lógico que não é. Na própria campanha eleitoral nós falamos abertamente sobre isso. Por isso vamos investir nos próximos três anos. Nossa ideia é que ao final da próxima gestão tenhamos todo o CT concluído, base e profissional - afirmou o atual vice de patrimônio, Alexandre Wrobel, ao ser contactado pela reportagem.
Já a cena protagonizada por Paulinho em um dia de treinos em nada tem a ver com estrutura, mas sim com mau comportamento: nu e com grandes fones de ouvido, o jogador apareceu na sala de musculação e desandou a dançar, para espanto de alguns companheiros. 
Ao deixar o Flamengo um dia antes da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro, o técnico Oswaldo de Oliveira condenou a estrutura do clube.
- Tem que ter melhores condições, ou então você vai competir em desigualdade de condições com quem está melhor aparelhado. Não tem dúvida.

globo.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário