Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Renan Filho afirma que Estádio Rei Pelé deve passar por nova reforma

Governador criticou antiga gestão porque local passou por obras recentemente, mas já apresenta problemas  COMENTE
Renan Filho não descartou novas reformas no Rei Pelé
FOTO: JÓBISON BARROS
Após as inúmeras críticas à estrutura do Estádio Rei Pelé, o governador Renan Filho (PMDB) afirmou que o local pode ser interditado novamente para novas reformas. Parte das cadeiras está interditada desde fevereiro de 2015 após torcedores ouvirem um "estrondo" e surgirem rachaduras abaixo dos assentos. Nesta segunda-feira (18), Renan afirmou que o projeto para a reforma já está com a Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) e que as obras podem custar em torno de R$ 6 milhões.
O governador questionou a gestão passada porque o estádio passou por duas grandes reformas recentemente que custaram mais de R$ 25 milhões, mesmo assim, os problemas não deixaram de acontecer. Uma delas, em 2008, foi considerada a maior reforma pela qual o Rei Pelé já passou desde a inauguração. A outra aconteceu em 2014, quando a seleção de Gana esteve em Maceió durante a Copa do Mundo no Brasil.
"O estádio tem uma dificuldade grande, que é o fato de ter passado por uma grande reforma para a Copa do Mundo, de mais de R$ 10 milhões, e meses depois já apresentou falhas na arquibancada. Isso não pode acontecer. Por que não olharam estruturalmente isso? Havia recursos para recuperar os estádios para a Copa, tinha dinheiro de empréstimo, mas não fizeram. No ano passado avaliamos o dano e a obra não é pequena. É novamente uma reforma que pode custar até R$ 6 milhões, pois mexe com estrutura e vamos ter que interditar uma parte para as obras. Estamos estudando com uma empresa especializada em estrutura para parques esportivos e não é simples, não é todo mundo que sabe mexer com esse tipo de coisa", afirmou Renan Filho.
Ainda de acordo com ele, a Secretaria de Estado do Esporte, Lazer e Juventude possui dois projetos para a recuperação da arquibancada e a utilização daquela da antiga área que hospedava atletas para que o local seja transformado em um hotel.
Sobre a possibilidade de abrir um consórcio para administrar o Rei Pelé, o governador descartou essa hipótese nesse primeiro momento, mas disse que a prioridade do governo é reformar a arquibancada. 
Rachaduras na parte das cadeiras especiais no Rei Pelé
FOTO: ARQUIVO GAZETAWEB

"Não temos boas experiências no Brasil ainda para administração de arenas. Até as da Copa do Mundo, que tem jogos de grande clubes nacionais, estão com dificuldades. Praças como o Maracanã, o Estádio de Brasília, o Engenhão, não têm modelo ainda para serem geridas, porque os jogos são muito esporádicos e os eventos que reúnem um público acima de 30 mil pessoas não são tão frequentes. Não se encontra muito investidor para esse segmento e o que temos que fazer logo é solucionar esse problema da arquibancada", concluiu.
Ao final da partida entre CSA e Treze-PB, realizado na tarde de ontem no Rei Pelé, o presidente do clube marujo, Rafael Tenório, afirmou que se uma solução não for encontrada até o início do Campeonato Alagoano deste ano, o clube vai procurar outro local para mandar seus jogos.
"Venho ao Rei Pelé desde a sua inauguração e poucas vezes vi uma situação como essa. O mato por todos os lados, portões quebrados ou enferrujados, estacionamento desorganizado. Peço ao governador Renan Filho que acompanhe essa situação de perto. Se nada for feito, o CSA pode ter que mandar seus jogos no interior, mas aqui não jogaremos", disse em entrevista coletiva ainda nas dependências do estádio.
Relembre
Em 2008, o Estádio Rei Pelé passou por uma grande reforma estrutural orçada em R$ 13 milhões, onde diversas irregularidades serem encontradas na estrutura. As obras duraram dois anos e foi reinaugurado em 2010 com a presença do Pelé.
Com a reforma, o estádio, além das melhorias estruturais na parte de engenharia e toda parte elétrica, iluminação e som, ganha um moderno placar eletrônico, um novo sistema de drenagem e irrigação do gramado.
Já em 2014, o local passou por novas reformas para receber a seleção de Gana que escolheu Maceió para ser Centro de Treinamento para a Copa do Mundo. Além de melhorias estruturais para atender as exigências da FIFA, o espaço recebeu um Centro de Fisioterapia e Reabilitação, Piscina de Recuperação, Academia, Banheiras, entre outras melhorias.
Por Rafael Maynart | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário