Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

CSA volta a golear Penedense e segue com 100% de aproveitamento

Azulão domina as ações, faz 5x1 no Rei Pelé e permanece na liderança isolada do grupo A do Estadual  COMENTE
Atacante Luís Soares foi um dos destaques da partida
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O CSA voltou a conquistar importante resultado pelo Alagoano 2016. Na noite desta quarta-feira (03), pela quarta rodada do Estadual, o time do Mutange recebeu o Penedense, no Estádio Rei Pelé, em Maceió, construindo uma confortável vitória diante de seu torcedor. Com o placar de 5x1, o Azulão passou a somar 12 pontos, mantendo os 100% de aproveitamento na competição e seguindo líder isolado do grupo A - está três pontos à frente do ASA.
Agora, o CSA - dono da melhor campanha até aqui - volta a campo somente após o Carnaval, encarando, no domingo, 10, o vice-líder do grupo B, o Santa Rita, no Estádio Olival Elias de Morais, em Boca da Mata. Já o representante de Penedo, que segue na penúltima colocação do grupo B, com apenas três pontos, vai tentar a reabilitação na tarde do mesmo dia, no Estádio Gerson Amaral, em Coruripe, contra o Murici - caso o time alviverde consiga reverter a decisão que o excluiu do campeonato, rebaixando-o para a Segunda Divisão.
Sobrou em campo
Empurrado pela torcida, que voltou a comparecer em grande número no Rei Pelé, o CSA partiu para cima logo nos primeiros minutos de partida. E o time do Mutange não demorou a inaugurar o marcador, já que o primeiro gol saiu aos 10 minutos, em cruzamento da esquerda. O meia Bismarck alçou na grande área e o lateral Henrique Choco desviou de cabeça, no primeiro pau. A bola morreu no canto esquerdo do goleiro alvirrubro: 1x0.
Jean Cléber chutou no canto esquerdo do goleiro para marcar belo gol
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

O Azulão dominava as ações frente a rival que, sem espaço, não conseguia sair jogando.  Já aos 16 minutos, Luís Soares, que jogou isolado no ataque, desperdiçou grande chance após lançamento do zagueiro Leandro Souza, chutando para fora. Outra boa oportunidade veio aos 23', quando o volante Jean Cléber recebeu de Didira e, livre de marcação, tocou na saída do goleiro e viu a bola passar tirando tinta do poste.
Jogadores do CSA comemoram gol junto à torcida
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Como o adversário não esboçava qualquer reação, o CSA seguiu pressionando até ampliar o marcador aos 31 minutos. Soares, o nome do jogo no primeiro tempo, fintou bonito o lateral Drey e saiu na cara do gol, deslocando Rudison com um chute rasteiro, para a alegria do torcedor azulino: 2x0.
O jogo era de um time só e, pouco depois, aos 37', foi a vez de Didira também perder um gol feito. Porém, aos 40 minutos, o CSA acabou novamente premiado. Jean recebeu de Soares e, na entrada da área, chutou com categoria, no canto esquerdo do goleiro Rudison: 3x0,
Mas o time da casa relaxou com o placar elástico e acabou punido apenas dois minutos depois, quando, após escanteio da direita e desvio na primeira trave, o zagueiro Alyson surgiu livre na pequena área e só teve o trabalho de tocar na saída de Jefferson, quebrando a invencibilidade da defesa azulina: 3x1.
David Dener desencanta
Meia Thiago dos Santos fez sua estreia, mas foi substituído no intervalo
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Já na etapa final, o técnico Oliveira Canindé promoveu as três mudanças a que tinha direito. A primeira delas, ainda no intervalo, teve o estreante meia Thiago dos Santos, ainda sem ritmo, dando lugar ao atacante David Dener. Na sequência, Cleyton entraria no lugar do também meia Bismarck, enquanto Didira foi substituído, já aos 18 minutos, por outro meia-atacante, João Paulo - jogador do Bahia emprestado ao CSA.
Didira e Jean Cléber celebram o terceiro gol azulino
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
E apesar de o time da casa ter diminuído o ritmo, o Azulão seguiu superior, com João Paulo quase ampliando a vantagem logo em seu primeiro lance, aos 23 minutos, quando tentou encobrir o goleiro e viu a bola raspar o travessão. Já aos 28', Choco foi puxado na grande área e o árbitro Chicão assinalou pênalti. Na cobrança, David Dener tocou no canto direito do goleiro Rudson, que foi na bola, mas nada achou: 4x1.
Mas o torcedor azulino queria mais. Aos 34 minutos, o lateral Rafinha avançou pela esquerda e cruzou na cabeça de David. O atacante subiu mais alto que o marcador e, no primeiro pau, testou no canto direito de Rudison, sem chance para o goleiro, fechando o placar no Rei Pelé: 5x1.
David Dener cobrou pênalti para marcar o quarto gol azulino
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Por Bruno Soriano | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário