Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

CSA vence Coruripe por 2x0 e mantém invencibilidade no Campeonato Alagoano

Azulão marcou com João Paulo e Cleyton e segue liderando o grupo A; Coruripe ainda tenta mais uma vitória para praticamente selar classificação  COMENTE
Rafinha tenta cruzamento da esquerda em nova vitória azulina
FOTO: AILTON CRUZ/GA
O CSA voltou a vencer diante de seu torcedor, no Estádio Rei Pelé, pela 8ª rodada do Campeonato Alagoano. Na tarde deste domingo (06), a vítima foi o Coruripe, que precisava vencer para encaminhar sua classificação ao hexagonal. Porém, o time do Mutange, dono da melhor campanha do Estadual, não deu trégua ao representante do litoral Sul, vencendo o Hulk por 2x0 - gols de João Paulo e Cleyton, que entraram no segundo tempo para definir o resultado.
Com a vitória, o CSA foi a 22 pontos, mantendo a invencibilidade e a liderança isolada no grupo A. O Azulão passa a ter quatro pontos de vantagem sobre o vice-líder ASA, embora já esteja classificado para a segunda fase. Agora, as atenções já se voltam para mais um clássico das multidões, domingo que vem, no Trapichão - desta vez, o arquirrival CRB terá o mando de campo.
Ao Coruripe, por sua vez, resta seguir tentando ao menos mais uma vitória nos dois jogos restantes desta fase para praticamente garantir sua vaga na sequência da competição. O Hulk estacionou nos 10 pontos e segue na vice-liderança do grupo B, com 10 pontos, nove a menos que o CRB e apenas um à frente do Santa Rita - o Sete de Setembro, que perdeu na rodada, tem apenas sete pontos e é o quarto.
David Denner carrega a bola, seguido de perto pela marcação alviverde
FOTO: AILTON CRUZ/GA

E o time do técnico Jaelson Marcelino já se prepara para tentar a reabilitação diante do Murici, na noite do próximo sábado, no Gerson Amaral, em Coruripe. Antes, porém, o Hulk terá compromisso decisivo pela Copa do Nordeste, onde segue com chances de classificação, recebendo o CRB para confronto na noite da quinta-feira (10).
Jogo sonolento
Hudson inicia a jogada do primeiro gol do CSA no jogo...
FOTO: AILTON CRUZ/GA
A partida teve um início aquém do esperado, como se o time da casa já estivesse a se poupar para o clássico contra o CRB. Errando muitos passes e sem intensidade de jogo pelas laterais do campo, o Azulão - que começou com David Denner no ataque - custou a furar o bloqueio adversário, com o Hulk a explorar a velocidade do contragolpe. 
Tanto que a primeira chance real de gol do CSA veio somente aos 27 minutos, quando Soares acionou Panda, que chutou forte da entrada da área. A bola desviou no zagueiro e saiu pela linha de fundo, à esquerda do goleiro Gott.
O Coruripe ainda chegou com perigo aos 27, com chute do atacante Júnior Chicão, que foi lançado nas costas da zaga e chutou rasteiro, na saída do goleiro Jefferson, que viu a bola passar perto do poste direito. Mas a resposta veio logo depois, aos 40 minutos, quando Panda foi para cobrança de falta e encobriu a barreira, mas Gott saltou no cantinho esquerdo e espalmou para escanteio.
...e João Paulo chuta forte para celebrar seu 1º gol com a camisa do CSA
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Nova postura
Porém, o CSA voltou com uma nova postura para o segundo tempo, com o técnico Oliveira Canindé trocando Panda pelo lateral-direito Hudson. Com a mudança, o lateral Henrique Choco foi deslocado para o meio, e o Azulão ganhou em mobilidade, já que Cleyton também entrou, substituindo outro meia: Bismarck.
No 2º gol, Cleyton chutou rasteiro e viu a bola passar por baixo do goleiro
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Logo aos 12 minutos, o CSA desperdiçou boa chance com cruzamento da direita, mas Didira, livre de marcação, não conseguiu o cabeceio. O jogo ficou aberto e o Coruripe respondeu dois minutos depois, quando Chicão dominou na pequena área, mas se enrolou na hora do chute, de frente para o gol, e acabou desarmado.
Cleyton comemora seu gol junto a companheiros de time
FOTO: AILTON CRUZ/GA
Já aos 17, foi a vez de Didira dar lugar a João Paulo Penha. E foi a promessa do Bahia quem abriu o marcador no Rei Pelé, aos 20 minutos, em bela jogada pela direita. O meio-campista aproveitou cruzamento da direita e, na sobra de bola, soltou uma bomba, sem chance para o goleiro Gott: 1x0.
Com a desvantagem, o Coruripe partiu para cima e acabou se expondo ainda mais. Com isso, em rápido contra-ataque, no erro de passe do volante Dinho, João Paulo acionou Cleyton, que chutou cruzado da entrada da área. A bola passou por baixo do grandalhão Gott, selando a vitória azulina aos 35 minutos: 2x0.
O Hulk ainda se lançou ao ataque para tentar diminuir a desvantagem, mas já não havia forças superar a marcação dos donos da casa, e o placar seguiu inalterado até o apito final do árbitro Júlio César Farias.
Por Bruno Soriano | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário