Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Itaquerão vira alvo da Justiça por pagar propina

Força-tarefa identifica pagamentos ilegais em dinheiro a uma diretoria que cuida da arena


Foto: Reprodução / Facebook
A Arena Corinthians, conhecida como Itaquerão, entrou oficialmente na mira da Lava Jato. A 26ª etapa da operação, iniciada nesta terça-feira (22), que concentra esforços na apuração de um esquema profissional de pagamento de propinas pela Odebrecht, encontrou repasses irregulares de dinheiro pela diretoria da empresa que cuida do estádio.
Em entrevista para detalhar a operação, o procurador da República Carlos Fernando dos Santos Lima explicou que, “dentre as diretorias e setores da Odebrecht que conseguimos localizar como autorizadores ou requisitadores de pagamentos [ilícios]”, está o setor responsável pela arena.
— Em relação aos estádios da Copa, temos indicativos de outras fases, inclusive de delações premiadas em andamento na produção de depoimentos. Nesta fase, foram identificados pagamentos a uma diretoria [da Odebrecht] que cuida exclusivamente da Arena Corinthians. Apenas a essa obra da Copa.
Além do Itaquerão, segundo o procurador, também foram encontrados pagamentos de propina em obras como o “canal do sertão [obra do PAC com 250 km de extensão em Alagoas], Supervias [sistema de trens urbanos no Rio de Janeiro], Aeroporto de Goiânia [em Goiás], extensão da Trensurb de Porto Alegre”.
— Então, já fica claro que já obras de diversas áreas além de óleo e gás. Há muito ainda a ser descoberto, mas não há agentes políticos ou detentores de foro [privilegiado].
O procurador da República, membro da força-tarefa da Lava Jato, informou ainda que “houve uma atividade de supressão de provas, porque esse sistema de controles foi extinto e excluído”.
— Mostra a vontade que a empresa tinha de obstaculizar as investigações.

R7
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário