Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Luiz Paulo faz golaço e CSE vence time reserva do CRB: 1x0

Atacante do time que luta contra o rebaixamento marcou aos três minutos de jogo e decretou segunda derrota consecutiva do Galo, que só cumpriu tabela  COMENTE

Jogo em Palmeira dos Índios foi marcado por baixo nível técnico
FOTO: ROMÁRIO SILVA/ ASCOM CSE
O jogo pouco valia. E CSE e CRB fizeram uma partida pobre em emoção na noite desta quarta-feira, no encerramento da 10ª rodada da fase de classificação do Alagoano. Já garantido no hexagonal, o Galo entrou em campo com um time reserva e acabou surpreendido em Palmeira dos Índios, onde o Tricolor definiu a partida com apenas três minutos de jogo, quando o atacante Luiz Paulo (ex-CRB) marcou um golaço, garantindo a vitória do time da casa pelo placar mínimo.
Com o resultado, o CSE foi a 13 pontos, mas terminou a primeira fase na lanterna do grupo A, preparando-se, agora, para a disputa do Quadrangular da Permanência, que vai definir os dois times rebaixados para a Segunda Divisão em 2017. Já o CRB, com a segunda derrota consecutiva, estacionou nos 19 pontos, mas avançou como líder do grupo B, somando cinco pontos a mais que o Coruripe.
- Confira, abaixo, o único gol do jogo!
O CSE também volta a campo no fim de semana, quando vai iniciar a luta contra a degola contra o Ipanema, às 16h do domingo (20), no Juca Sampaio, enquanto o Galo terá pela frente o Coruripe, às 16h do próximo sábado, no Rei Pelé, abrindo a fase hexagonal.
E no complemento da rodada, o Murici venceu o Penedense por 1x0, no José Gomes da Costa, em Murici, enquanto o ASA acabou derrotado pelo Coruripe, em Arapiraca, por 2x1, e o CSA goleou o Santa Rita por 3x0, no Rei Pelé. Mais cedo, o Sete de Setembro derrotou o Ipanema, em Boca da Mata, por 3x1. Além de CRB e CSA, ASA, Murici, Coruripe e Santa Rita também avançaram à segunda fase.
Golaço e nada mais
O jogo até que começou eletrizante, com o CSE abrindo o placar logo aos três minutos, quando o atacante Luiz Paulo foi lançado em velocidade pela esquerda, nas costas da zaga, e tocou por cobertura, na saída do goleiro Juliano, assinalando um golaço e fazendo a festa da diminuta torcida tricolor: 1x0.
Como o CRB já entrou em campo classificado para o hexagonal, e para encarar adversário que vai disputar o Quadrangular da Permanência, brigando para não ser rebaixado, o técnico regatiano Mazola Júnior escalou uma equipe considerada reserva - apenas o atacante Neto Baiano foi novamente utilizado após a derrota para o CSA. E acabou pagando o preço.
Isso porque o Galo não levou perigo à meta do goleiro Danilo em toda a primeira etapa. A partida, na verdade, foi um tremendo perde e ganha para os dois lados, com os times sem criar o bastante. Preso à marcação, o time visitante também não conseguia explorar as laterais, e a disputa seguiu pobre em emoção até os 43 minutos.
Vindo de trás, Luiz Paulo surgiu livre de marcação na entrada da área e chutou rasteiro, buscando o canto esquerdo de Juliano, que, bem colocado, fez a importante defesa.
Galo melhora, mas não finaliza
O Galo até voltou mais disposto para o segundo tempo, e o time visitante criou boa chance já aos nove minutos, quando Luiz Fernando fez boa jogada pela direita e cruzou no segundo pau, buscando Érico Júnior, mas Guêba se antecipou para fazer o corte na pequena área. Já aos 12 minutos, em cobrança de falta, o lateral Marcelinho viu a bola passar perto do poste direito do goleiro Danilo.
Porém, faltava maior poder de criação, e o técnico Mazola Júnior processou uma dupla mudança aos 17 minutos, trocando Luiz Fernando por Bruno Nascimento, e Luidy por Érico Júnior. Já aos 26, Flavinho saiu para a entrada do atacante Jonata. O Galo melhorou com os garotos da base, mas a falta de entrosamento era evidente dentro das quatro linhas, e foi o CSE quem, no final, voltou a criar.
Primeiro aos 29 minutos, quando Luiz Paulo foi lançado em rápido contragolpe pela esquerda  e rolou para Thalison, que chutou colocado e viu a bola passar perto do poste esquerdo de Juliano. Pouco depois, aos 35, foi a vez de Hudson fintar o marcador pela esquerda e chutar rasteiro, mesmo sem ângulo. O goleiro Juliano, atento, fez grande defesa com os pés.
O CRB ainda partiu para cima nos minutos finais, mas não fez o bastante para merecer o empate e, com isso, amargou a segunda derrota consecutiva na competição.
 Por Bruno Soriano | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário