Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

CSA segue cem por cento no hexagonal do Campeonato Alagoano

Azulão bate o ASA por 1x0 jogando esta tarde no Estádio Rei Pelé. Zagueiro Douglas é autor do gol da vitória no início do 2º tempo  COMENTE
Douglas sorri e jogadores correm para abraçá-lo no gol que deu a vitória azulina
FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O CSA segue 100% no hexagonal do Campeonato Alagoano. Jogando esta tarde no Estádio Rei Pelé, o Azulão bateu o ASA por 1x0, com gol assinalado pelo zagueiro Douglas no início do 2º tempo. Chega aos 9 pontos e é o primeiro time matematicamente classificado para as semifinais da competição

Em contrapartida, agora com duas derrotas e um empate o Fantasma de Alagoas se complica às pretensões de chegar ao quadrangular decisivo do Estadual 2016.

Na próxima rodada, em data ainda a ser definida, o CSA vai a Boca da Mata para enfrentar o Santa Rita, enquanto que o ASA receberá a visita do Coruripe.

O jogo

A partida começou com o CSA em cima e logo aos 3 minutos balançou a rede adversária. Só que não valeu porque o atacante David Denner, impedido, escorou cruzamento da esquerda do lateral Rafinha.

Luiz Soares perdeu duas incríveis oportunidades para ampliar o placar
FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
O panorama do jogo começou a mudar aos 15 minutos por causa de finalização da intermediária do armador Everton Heleno e que acertou a trave direita da meta defendida pelo goleiro Jeferson. Quatro minutos após o mesmo Everton Heleno, de falta, obrigou o arqueiro azulino a defender dando um soco para fora de sua área.

Aos 30 minutos mais um escanteio para o ASA e Jeferson teve que se desdobrar em duas oportunidades para evitar o gol alvinegro.

O CSA só voltaria chegar à área alvinegra aos 33 minutos em cabeçada de Luiz Soares para o chão e difícil defesa do goleiro Tom.

O Azulão, que antes do intervalo trocou o lateral-direito Henrique Choco por Hudson, passou a ser um time mais agudo na fase complementar e acabou premiado aos 8 minutos. Lateral-esquerdo Rafinha sofreu falta, executada pelo armador Panda para a área alvinegra e o zagueiro Douglas, sem marcação, subiu para cabecear para o fundo da meta, fazendo o gol que seria da vitória.

Técnico Vica disse que o ASA merecia melhor sorte na partida
FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Quatro minutos após o CSA teve grande chance para ampliar. Saiu cruzamento rasteiro pela esquerda e o atacante David Denner deu um leve toque desviando a bola de todo mundo, mas caprichosamente saiu para a linha de fundo rente à trave esquerda.

O Azulão teve ao menos mais três oportunidades para marcar: uma aos 29 minutos, com Luiz Soares já dentro da área adversária finalizando com o goleiro batido e zagueiro Ramon cortando para escanteio; aos 37 minutos com Denner para o corte do lateral-esquerdo Elton Lira. No rebote, volante Jean Cleber isolou; e aos 38 minutos Luiz Soares foi lançado no meio de campo, avançou sozinho mas parou nos pés do goleiro Tom, que fez o corte ao sair da área.

O ASA, que valorizou a vitória azulina, avançou na etapa complementar a partir do momento que o CSA o atraiu para seu campo para explorar os contra-ataques,  e teve ainda duas boas chances para evitar a derrota: aos 33 minutos, quando o armador Ederson, no bico da área adversária, setor esquerdo, soltou a bomba e a bola passou perto muito do ângulo direito azulino; e aos 45 minutos Everton Heleno, que mais finalizou contra Jeferson, da entrada da área soltou mais uma bomba e a bola passou muito perto da trave direita maruja. Foi o último lance de emoção da partida.
Grande público mais uma vez se fez presente ao Trapichão para ver nova vitória azulina
FOTO: AÍLTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Por Francisco Cardoso | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário