Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

CSA vence o CRB de virada, garante vantagem nas semifinaiss e quebra tabu

Azulão chegou aos 12 pontos conquistados, mantendo-se na liderança do hexagonal, e voltou a vencer o maior rival como mandante após 10 anos  COMENTE
Meia azulino João Paulo marcou gol de empate 
FOTO: AILTON CRUZ/GA
CSA e CRB fizeram a partida mais importante da última rodada do hexagonal do Campeonato Alagoano, na tarde deste sábado (16), no Estádio Rei Pelé. O duelo definiu a primeira colocação e a vantagem, nas semifinais, para o time do Mutange, já que a partida terminou com vitória azulina por 2 a 1. Além da liderança, o Azulão quebrou um tabu de 10 anos sem vencer o rival como mandante. Os gols do jogo foram todos marcados por jogadores azulinos. João Paulo Penha e Bismarck balançaram as redes em favor do time mandante, enquanto o zagueiro Leandro Souza, contra, foi quem marcou para o Galo.

Alterações do técnico regatiano Mazola Jr não surtiram efeito
FOTO: AÍLTON CRUZ / GAZETA DE ALAGOA
O duelo prometia muita emoção, no terceiro encontro entre os maiores rivais do futebol alagoano. Além disso, a liderança em jogo elevou a rivalidade do confronto.
Pressionados após as derrotas do meio de semana, Azulão e Galo precisavam vencer para seguirem com mais tranquilidade às  semifinais. Para o CSA, também valia a chance de descartar a desconfiança sobre o resultado negativo diante do Santa Rita. Já para o Galo, que tropeçou com empate diante do Leão da Mata, seguido da derrota diante do Murici, era a chance de retomar a confiança do torcedor regatiano.
O jogo
A partida começou tensa. Jogadores de ambas as equipes disputavam a bola com intensidade. Aos 6 minutos, Gabriel e Luiz Soares se estranharam, e o árbitro Francisco Carlos Nascimento logo precisou intervir, numa demonstração de que o Clássico das Multidões seria um confronto acirrado.
- CONFIRA, ABAIXO, OS GOLS DO JOGO!
Jogo foi muito disputado no 1º tempo, que terminou com o placar de 0x0
FOTO: AILTON CRUZ/GA

O primeiro bom momento do jogo aconteceu aos 9 minutos. David Denner arriscou de fora da área, o goleiro Juliano espalmou, e o atacante azulino não conseguiu aproveitar o rebote para empurrar para o gol. Após este lance, o time do Mutange se animou, tentando impor seu futebol, com o Galo a marcar forte, buscando o contra-ataque.
O CRB só assustou a meta do goleiro azulino com um chute de longe do meio-campista regatiano, Dakson. O jogador dominou na intermediária, avançou e chutou forte, no canto do arqueiro do Azulão. A bola passou muito perto do gol, saindo pela linha de fundo.
Luiz Soares tentou, mas ficou preso à marcação regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Mas o primeiro tempo foi marcado mais pela marcação do que pela qualidade técnica. As duas equipes foram para o vestiário com o placar inalterado, após 46 minutos de bola rolando no primeiro tempo.
Na volta para a etapa complementar, mais marcação, com jogadas ríspidas para ambos os lados. Mas, logo aos 6 minutos, Dakson cobrou falta na área e o zagueiro Leandro Souza acabou desviando contra o próprio gol. A bola foi para o fundo da rede azulina. Era o primeiro gol do jogo: 1x0.
Torcedor regatiano comemora gol contra do zagueiro Leandro Souza
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Jogadores se estranharam após disputa de bola no 1º tempo
FOTO: AILTON CRUZ/GA
Porém, o gol regatiano não significou muito, pois, a equipe não conseguiu impor o seu futebol sobre o rival, que, aos 16, chegou ao empate. Didira avançou pela esquerda, passou para David Denner, que tocou para João Paulo Penha. O jovem meio-campista invadiu a área e tocou no canto esquerdo de Juliano, deixando tudo igual no Rei Pelé: 1x1.
A partida ganhou em emoção, contrastando com o panorama da partida na etapa inicial. Aos 21 minutos, o meia Dakson aproveitou rebote da zaga azulina e chutou de fora da área. A bola passou muito perto do canto direito de Jefferson. Mas o Azulão logo respondeu com Rafael Oliveira, aos 29. O atacante, que entrou no segundo tempo, recebeu de Bismarck e chutou na rede pelo lado de fora, arrancando o grito de gol da torcida azulina.
João Paulo chuta no canto esquerdo de Juliano, no 1º gol azulino
FOTO: AILTON CRUZ/GA

João Paulo corre em direção à torcida azulina para comemorar
FOTO: AILTON CRUZ/GA
O CSA dominou o jogo a partir daí. Aos 35 minutos, Luiz Soares matou no peito, driblou Diego Jussani e finalizou próximo ao gol de Juliano. 
Um minuto depois, João Paulo Penha recebeu livre de marcação e chutou na saída do goleiro regatiano, que defendeu com os pés. No rebote, o atacante azulino chutou para fora.
De tanto insistir, a virada aconteceu aos 42 minutos. Rafael Oliveira avançou pela direita, driblou dois adversários e tocou para Bismarck, que, já dentro da área alvirrubra, chutou no canto esquerdo de Juliano: 2x1.
Meia Bismarck comemora o segundo gol do CSA no clássico
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Semifinais
Com os resultados da última rodada, o CSA sagrou-se líder do hexagonal do Campeonato Alagoano. O CRB, com a derrota, acabou descendo uma posição e terminou em terceiro. O Coruripe, após empate contra o Santa Rita, ficou em segundo, enquanto o Murici completou o G4.
E as semifinais do Campeonato Alagoano começam já na próxima quarta-feira (20). O CSA encara o Murici, no Estádio José Gomes da Costa. Já o CRB recebe o Coruripe, no Estádio Rei Pelé, em Maceió.
Rafael Oliveira, que entrou no 2º tempo, tenta fintar zagueiro Jussani
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Volante regatiano Somália disputa bola com o atacante David Denner
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Torcedor regatiano fez a festa com vitória parcial do Galo
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Francisco Carlos do Nascimento fez boa arbitragem no Rei Pelé
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Técnico azulino disse que CSA entrou com mais vontade de vencer
FOTO: AILTON CRUZ/GA

Time do CSA comemora o segundo gol, provocando torcida regatiana
FOTO: AILTON CRUZ/GA


Por Fillipe Lima | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário