Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Com show de Nenê, Vasco goleia Sampaio Corrêa fora de casa

Camisa 10 brilha no Maranhão, pede música, e Cruz-maltino estreia em grande estilo


Menos de uma semana depois de conquistar o bicampeonato carioca, o Vasco estreou na Série B do Brasileirão com uma atuação fantástica do ídolo Nenê. O Gigante da Colina impôs seu ritmo e, mesmo fora de casa, goleou o Sampaio Corrêa por 4 a 0, no estádio Castelão, em São Luís. O time maranhense, que viu o ídolo Arlindo Maracanã se aposentar no duelo, não conseguiu segurar o camisa 10 adversário, autor de três gols e uma assistência – para Riascos – no triunfo cruz-maltino.
No próximo sábado, o Vasco, líder da Série B e que chegou hoje a 27 jogos de invencibilidade (não perde desde novembro de 2015), recebe o Tupi-MG, em São Januário. O Sampaio Corrêa, do técnico Petkovic, visita o Avaí em Florianópolis.
Vasco sem Luan e aposentadoria no Sampaio
Sob um forte calor em São Luís, o Vasco foi a campo com praticamente a mesma equipe que conquistou o bicampeonato carioca na semana passada. O único desfalque era o zagueiro Luan, que não recuperado de um problema muscular deu lugar a Jomar – curiosamente, ele acabou saindo logo no começo da partida por conta de uma pancada na cabeça. Pelo lado do Sampaio, muitas homenagens ao meia Arlindo Maracanã. Ídolo do clube, o jogador  de 37 anos pisou no Castelão para fazer sua última partida pelo tricolor maranhense.
Mais de 32 mil pessoas foram ao Castelão assistir ao duelo entre Sampaio e Vasco (Foto: De Jesus / O Estado)
A primeira boa chance da partida foi do Vasco logo ao quatro minutos. Após uma saída de bola ruim do Sampaio, a bola sobrou para Nenê. Quase na entrada da área, o camisa 10 chutou forte de esquerda e obrigou o goleiro Rafael, campeão brasileiro com o Fluminense em 2010, se esticar todo para botar para escanteio.
Riascos e Nenê: dupla fatal
Se não conseguiu marcar - ainda -, Nenê resolveu atacar de garçom. E com precisão fatal. Após cruzamento perfeito do meia-atacante, o colombiano Riascos desviou de peixinho sem
Aos 24 minutos, os papéis se inverteram. Riascos deu assistência para Nenê que, com um belo toque sutil, encobriu o goleiro e colocou no fundo da rede: 2 a 0 para o Vasco.
Atordoado com o ritmo vascaíno, que dominava tranquilamente a partida, o Sampaio só conseguiu dar o primeiro chute na direção do gol com Arlindo Maracanã aos 27. Martin Silva, bem colocado, defendeu firme. Arlindo, por sinal, foi sacado pelo técnico Petkovic logo em seguida. O sérvio, vendo a desvantagem no placar, tirou o meia e colocou o atacante Carlos Alberto.
Com um homem a mais na frente, o Sampaio passou a incomodar um pouco mais a meta de Martin Silva, que fez grande defesa aos 33 em um chute de Edgar.
Mesmo com a boa vantagem no marcador, o Vasco manteve o controle da partida no segundo tempo e quase ampliou aos quatro com Pikachu. O ex-Paysandu, que entrara no lugar Julio dos Santos, cabeceou com o estilo para boa defesa de Rafael. Com sede de gol, Pikachu voltou a aparecer com perigo acertando a trave aos 11.
Nesse ritmo, o terceiro gol era questão de tempo. E esse tempo chegou aos 17 minutos com Andrezinho dando passe para Nenê, livre, fazer o seu segundo gol na partida.
Nenê “pede música”
Com a larga vantagem no marcador, o Vasco botou o pé no freio e viu o Sampaio quase diminuir aos 27. Após defesa parcial de Martin Silva em chute de Carlos Alberto, a bola sobrou para Edgar que chutou para a meta vazia. No entanto, o zagueiro Rodrigo se atirou na bola e evitou o gol, chegando a se machucar no lance ao se chocar na trave.
Quando mais incomodava a meta vascaína na partida – chegando a acertar a trave com Edgar aos 31 -, o Sampaio Corrêa levou mais um. Após rápido contra-ataque, Riascos chutou para defesa parcial de Rafael. Caprichosamente, a bola sobrou para Nenê que, com frieza, anotou o quarto do Vasco, e o seu terceiro na partida.
Na saída do gramado, Nenê seguiu a tradição do programa Fantástico, da TV Globo, e pediu música por ter feito três gols (por sinal, primeira vez que ele alcança tal feito no time de São Januário). Mais do que merecido.
Nenê comemora (Foto: Carlos Gregório Jr / Vasco.com.br)
Globo Esporte
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário