Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

CRB abre placar com golaço de Luidy, mas Oeste vira no 2º tempo e vence por 2x1

Galo fez bom primeiro tempo, mas caiu de produção na etapa complementar e, fora de casa, voltou a amargar derrota na Série B do Brasileiro  
Time do Oeste fez apenas o bastante para vencer em casa
FOTO: REPRODUÇÃO/PREMIERE
O CRB dominou as ações no primeiro tempo. Abriu o marcador com golaço do meia-atacante Luidy depois de desperdiçar várias chances. Porém, caiu de produção na etapa complementar e deixou o Estádio José Liberatti, em Osasco, interior de São Paulo, amargando mais uma derrota pela Série B do Campeonato Brasileiro, desta vez diante do Oeste, que fez apenas o bastante para abocanhar sua primeira vitória na competição.
Agora, o time do técnico Mazola Júnior já começa a voltar as atenções, em busca da reabilitação, para o confronto diante do Criciúma-SC, na noite da próxima sexta-feira, no Rei Pelé. Já o Oeste vai tentar a primeira vitória fora de casa também na sexta-feira, contra o Paraná, no Estádio Durival de Britto.
- CONFIRA, ABAIXO, VÍDEO COM OS MELHORES MOMENTOS DO JOGO!
Com este resultado, o Galo pode, inclusive, terminar esta terceira rodada já na zona de rebaixamento, caso o Joinville vença o Bahia, fora de casa, nesta quarta-feira. É que, com a vitória parcial do Tupi-MG sobre o Paysandu por 5x1, o CRB caiu para a 16ª posição, beirando a zona da degola, com apenas três pontos.
O Oeste, por sua vez, é o 9º colocado, com quatro pontos, mas, assim como o Galo, também pode perder posição no complemento da rodada.
Golaço de Luidy
O Oeste - que se fundiu com o vice-campeão paulista Audax - tomou a iniciativa nos primeiros minutos de jogo diante de pouquíssimos torcedores. Porém, foi o Galo quem criou a primeira grande oportunidade de abrir o placar, aos sete minutos, quando Luidy avançou pela direta e cruzou no segundo pau para Gérson Magrão, que chutou para fora, à direita do goleiro Felipe Alves.
O Galo - que entrou em campo com três mudanças no setor defensivo (zagueiros Adalberto e Flávio Boa Ventura, além do lateral Marcos Martins) - fechava-se bem e saía em velocidade no contragolpe, levando perigo à meta do time rubro-negro, que não conseguia espaço para a conclusão em gol. Tanto que a única boa chance do Oeste veio aos 12 minutos, em cabeceio de Matheus Vargas no canto esquerdo do goleiro Juliano.
Um minuto depois, foi a vez de Magrão receber pela esquerda e deixar Marcos Martins na cara do gol. O lateral-direito tocou de cabeça, na saída do goleiro Felipe, mas viu a bola sair pela linha de fundo, tirando tinta do poste direito. 
Já aos 27, eis que o Galo desperdiçou a melhor chance da partida no primeiro tempo, quando Neto Baiano recebeu grande lançamento de Dakson e, nas costas da zaga, tentou tirar do goleiro Felipe, que fez grande defesa com os pés. Na sequência, o mesmo Baiano, desequilibrado, não conseguiu aproveitar o rebote.
No entanto, de tanto insistir, o Galo acabou premiado aos 38 minutos. Luidy foi lançado em profundidade por Matheus Galdezani, dominou pela esquerda, fintou dois marcadores e chutou forte, sem chance de defesa para Felipe. A bola ainda acertou o travessão antes de entrar: 1x0.
Virada no 2º tempo
Mas o Galo caiu de produção nos 45 minutos finais, resistindo à pressão do Oeste somente até os 25, quando Francisco Alex lançou o atacante Ricardo Bueno, que chutou na saída do goleiro regatiano. No rebote, Léo Arthur pegou de primeira, acertando o canto direito de Juliano e deixando tudo igual: 1x1.
O time da casa cresceu com o gol, criando nova boa chance com Velicka, em chute de fora da área, três minutos depois, quando Mazola Júnior já havia processado sua primeira mudança, trocando Neto Baiano por Lúcio Maranhão. Porém, o Oeste seguiu em cima e quase ampliou aos 36 minutos, em chute de Clébson que mandou a redonda no travessão.
Já aos 39, o Galo desperdiçou mais uma oportunidade, o que acabou por determinar o resultado final da partida, depois que Maranhão foi lançado pela esquerda e deu de calcanhar para Gérson Magrão, mas o meio-campista preferiu fintar Felipe Alves ao concluir em gol e acabou desarmado.
Mazola ainda trocou o meia Dakson pelo volante Wigor, mas o gol de desempate veio na sequência, selando a vitória rubro-negra, aos 41 minutos. Francisco Alex dominou pela direita e cruzou para Ricardo Bueno. Mesmo marcado de perto, o atacante conseguiu fazer o giro e chutar no canto esquerdo de Juliano: 2x1.
Nos minutos finais, Luidy saiu para a entrada de Bocão, que atuou no setor de meio-campo, mas o Galo não conseguiu evitar a derrota regatiana em Osasco.
 Por Bruno Soriano | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário