Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Atlético-GO vence Vasco e acaba com invencibilidade do time do RJ

Mesmo derrotado, o Vasco segue na liderança do Campeonato Brasileiro com 19 pontos ganhos


Foto: Vasco / Divulgação
O Vasco perdeu uma longa invencibilidade ao ser derrotado por 2 a 1, pelo Atlético Goianiense, em partida disputada na tarde deste sábado, no estádio Kléber Andrade, em Cariacica. O resultado impediu que o time de São Januário chegasse a marca de 35 jogos sem derrotas, igualando os números do Expresso da Vitória nos anos 50. O Vasco não perdia desde novembro do ano passado, quando foi derrotado pelo Fluminense pelo Campeonato Brasileiro da Série A.
Mesmo derrotado, o Vasco segue na liderança do Campeonato Brasileiro com 19 pontos ganhos, mesma pontuação do Atlético Goianiense, mas o time carioca leva vantagem pelo maior número de gols. O resultado fez justiça ao desempenho da equipe de Goiás que atuou de forma objetiva e soube aproveitar as falhas da defesa do time carioca, especialmente o zagueiro Rodrigo em péssima jornada. O Vasco cometeu muitos erros e mostrou mais vontade do que talento para alcançar melhor resultado.
Na próxima rodada, o Vasco vai receber o Náutico, em São Januário. O Atlético-GO vai enfrentar o Joinville, na Arena Joinville.
O jogo – Os dois times começaram a partida com espírito cauteloso, tocando a bola sem muita pressa. A maioria da torcida era da equipe carioca, mas o Atlético mostrava mais disposição ofensiva. Aos cinco minutos, Michel levantou na área e Rodrigo chegou antes de Júnior Viçosa para afastar o perigo. O time dirigido por Jorginho encontrava dificuldade para se organizar, apesar dos esforços de Yago Pikachu que, escalado no meio campo, se movimentava por todos os lados, numa tentativa de abrir espaços na defesa goiana.
Aos 11 minutos, Andrezinho fez ótimo passe para a penetração de Jorge Henrique, mas Bruno Barra se antecipou e desviou para escanteio. Até os 15 minutos, os goleiros Jordi e Marcos ainda não tinham feito qualquer defesa.
Aos 20 minutos, o Atlético Goianiense criou e desperdiçou a primeira grande oportunidade de gol da partida. Júnior Viçosa foi lançado nas costas dos zagueiros, entrou livre na área e tentou deslocar o goleiro Jordi, mas acabou chutando para fora. O lance animou o rubro-negro de Goiás que aumentou a pressão em busca do primeiro gol, o que acabou acontecendo aos 23 minutos. Matheus Ribeiro cruzou, o goleiro Jordi se atrapalhou com Luan e a bola acabou com Júnior Viçosa que não teve trabalho para colocar a bola nas redes.
Em desvantagem, o Vasco se lançou ao ataque, mas continuou encontrando dificuldades para fazer a bola chegar ao atacante Leandrão, muito isolado entre os zagueiros. Aos 31 minutos, Andrezinho e Leandrão tiveram a chance de bater, mas a zaga goiana bloqueou as duas tentativas.
Mesmo sem atuar bem, o Vasco acabou marcando o gol do empate aos 39 minutos. Após levantamento na área, o goleiro Marcos saiu mal e a bola acabou ficando com Luan que bateu para as redes. Os goianos contestaram muito a marcação de uma falta a favor do Vasco que resultou no gol do empate. O técnico Marcelo Cabo acabou expulso por protestar com veemência.
Aos 46 minutos, quase que o Vasco desempata, novamente com Luan. Júlio César chutou cruzado, a zaga desviou mal e Luan completou, mas a bola saiu.
O Vasco voltou para o segundo tempo com Eder Luis no lugar de Pikachu, numa tentativa do técnico Jorginho de aumentar a agressividade do ataque. E a modificação funcionou porque o time carioca passou a dominar a partida. Logo aos três minutos, Eder Luis fez bom passe para Leandrão que mandou a bomba, mas a bola saiu. Um minuto depois, Leandrão voltou a ter chances para marcar, após falha do zagueiro Marllon, mas o chute saiu errado. Aos cinco minutos, foi a vez de Eder Luis chutar com muito perigo.
Quando tudo indicava que o Vasco chegaria ao segundo gol, o Atlético voltou a marcar, aos sete minutos. Após cruzamento da direita, a bola passou entre as pernas de Rodrigo e sobrou para Júnior Viçosa que bateu em cima de Luan. Na sobra, William Schuster tocou para as redes de Jordi.
Jorginho trocou o volante Marcelo Mattos pelo meia Evander em outra tentativa de mudar a forma de jogar da equipe. Aos 13 minutos, Julio Cesar arriscou e Marcos fez boa defesa, mas no lance seguinte quase que o time goiano marca o terceiro em chute de Pedro Bambu que acertou o travessão de Jordi.
Aos 21 minutos, Madson fez boa jogada pela direita e bateu cruzado, mas o goleiro Marcos defendeu com os pés. O Atlético adotou uma postura mais defensiva, mantendo apenas Júnior Viçosa na frente. Aos 27 minutos, Michel tentou duas vezes e quase surpreendeu o goleiro Jordi.
O Vasco partiu para o ataque e ,aos 31 minutos, Thalles quase marcou o gol do empate, mas o goleiro Marcos espalmou para escanteio. Logo depois, após lançamento pelo alto, o zagueiro Rodrigo voltou a falhar, mas Júnior Viçosa perdeu a oportunidade de ampliar, mandando por cima do travessão. Júnior Viçosa acabou recebendo o segundo cartão amarelo e foi excluído da partida aos 35 minutos depois de voltar ao campo sem autorização da arbitragem.
Com um jogador a mais, o time de São Januário aumentou a pressão em busca do gol do empate e aos 43 minutos, Evander acertou a trave em chute cruzado. A resposta do Atlético foi fulminante e Jorginho, inteiramente livre, perdeu a chance de marcar o terceiro gol.
Gazeta Esportiva
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário