Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Estado vai convocar 200 militares da reserva técnica para atuar nas eleições

FOTO: MADYSSON WESLLEY
O secretário de Estado da Segurança Pública, coronel Paulo Domingos Lima Júnior, informou, nesta sexta-feira (8), que pelo menos duzentos integrantes da reserva técnica da Polícia Militar (PM) serão convocados até o final deste mês para atuar nas eleições de outubro deste ano.
"Recentemente convocamos 400 novos policias. Os novatos que serão chamados iniciarão o curso de formação e já vão trabalhar nas eleições. Tudo indica que eles não atuem nas ruas, mas servirão, por exemplo, para ficar nas delegacias fazendo o trabalho de custódia dos presos", afirmou.
Durante reunião ocorrida na sede do Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nesta sexta-feira para discutir o policiamento nas eleições, Lima Júnior pediu ainda que os juízes eleitorais determinem um horário para que as festas de comemoração terminem após a divulgação do resultado das urnas. 
"A gente percebe que muitas ocorrências se dão principalmente depois do resultado das urnas, no momento das festas, justamente por conta do resultado, que obviamente deixa uma das partes insatisfeita. Além disso, os policiais também estão cansados por já estarem trabalhando, geralmente, desde a sexta antes da eleição", ressaltou o secretário.
Lima Júnior afirmou que a Secretaria de Segurança Pública, juntamente com as instituições que a compõem, está trabalhando para transformar as eleições de outubro de 2016 num marco de tranquilidade. "Nós sabemos que a eleição municipal para a segurança pública é muito mais grave porque o clima de disputa é rua a rua e isso causa um elevado número de ocorrências. Mas, teremos um reforço do policiamento, principalmente, no interior". 
Segundo ele, é provável que a reserva técnica da Polícia Civil também seja convocada. "O curso de formação da Polícia Civil é mais curto, apenas três meses. Por isso, acreditamos que os alunos estarão trabalhando em outubro para dar apoio nas delegacias e nas zonas eleitorais. Nós vamos abrir licitação para reformar as casas de custódia. Com essa operação, nós iremos ganhar em torno de 100 policiais civis que hoje trabalham na custódia dos presos. Será um reforço significativo para as eleições" , observa.
Na oportunidade, o delegado-geral do Polícia Civil, Paulo Cerqueira, garantiu que as equipes estão preparadas para atuar no processo eleitoral. "Estamos trabalhando com o delegado Ronilson Medeiros, para avaliarmos a possibilidade de um delegado do Departamento de Investigação e Capturas (Deic) ficar de modo exclusivo para atuar nessa fase de campanha apoiando a Polícia Federal, como também o Ministério Público Eleitoral e a OAB", revelou.
Por Madysson Weslley | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário