Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Renan Filho discute dívida de Alagoas em Brasília nesta terça-feira (16)

Governadores dos estados da Bahia, Piauí, Pernambuco e Alagoas confirmaram presença no encontro
Agência Alagoas
Governador Renan Filho confirmou presença no encontro de governadores do Nordeste nesta terça-feira (16), em Brasília, e reafirma que Alagoas está enfrentando a crise com muito trabalho (Foto: Thiago Sampaio / Agência Alagoas)Governador Renan Filho confirmou presença no encontro de governadores do Nordeste nesta terça-feira (16), em Brasília, e reafirma que Alagoas está enfrentando a crise com muito trabalho (Foto: Thiago Sampaio / Agência Alagoas)
Discutir sobre a dívida pública que os Estados têm junto à União será o motivo do encontro entre os governadores do Nordeste com o senador Renan Calheiros, nesta terça-feira (16), em Brasília-DF. Renan Filho está entre os chefes dos Executivos estaduais que irão participar da reunião, em qual serão discutidos os caminhos que podem ser seguidos para auxiliar os Estados na superação da crise econômica que tem atrasado salários e impede investimentos que melhorem a vida do cidadão.
Os governadores dos estados da Bahia, Piauí, Pernambuco e Alagoas confirmaram presença no encontro. Também será pauta da reunião estratégias de como enfrentar a crise econômica recessiva que atinge o cenário brasileiro.
Renan Filho afirma que tem assuntos importantes com relação a Alagoas que serão discutidos durante a reunião, sobretudo a renegociação da dívida junto à União.
“Estamos enfrentando a crise aqui com muito trabalho, porém se o Governo Federal ajudar em superar a crise, ótimo, pois vamos poder fazer ainda mais. Mais até lá, vamos continuar fazendo o que estamos fazendo aqui, muito trabalho”, finalizou Renan Filho.
Alagoas é um dos poucos Estados onde o salário do funcionalismo público está sendo pago em dia e os investimentos continuam acontecendo. Com o alongamento da dívida, o Estado ganhou mais 20 anos para pagar o que está em aberto, com juros de até 11%, o que já foi 15%. São R$ 50 milhões de economia por mês. O valor que era de R$ 8 bilhões cai para R$ 450 milhões.
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário