Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Flamengo e Atlético-MG empatam em 2 a 2 no Mineirão

Flamengo e Atlético-MG empatam em 2 a 2 no Mineirão

Resultado não foi produtivo para nenhuma das duas equipes
Gazeta Esportiva
Empate foi ruim para ambas as equipesReproduçãoEmpate foi ruim para ambas as equipes
Flamengo e Atlético-MG protagonizaram um dos melhores jogos deste Campeonato Brasileiro, na tarde deste sábado, no Mineirão. O jogo terminou empatado em 2 a 2, com Diego e Guerrero marcando para os visitantes e Robinho, de pênalti, e Lucas Pratto convertendo os gols do time da casa.
Apesar do bonito espetáculo, o resultado não foi produtivo para nenhuma das duas equipes. O Flamengo permanece na vice-liderança da competição após 33 rodadas, com 62 pontos, e o Galo aparece dois pontos abaixo.
Na próxima rodada, o Rubro Negro terá pela frente o clássico diante do Botafogo, no sábado, no Maracanã. Já o Atlético, que na quarta-feira recebe o Inter na semifinal da Copa do Brasil, visita o Coritiba, no Couto Pereira, no domingo.
O Jogo – Com as duas equipes ainda sonhando com a conquista do título Brasileiro em 2016, o primeiro tempo no Mineirão começou em ritmo de final de campeonato. As duas equipes buscaram o ataque e em três minutos de bola rolando, cada lado já tinha dois escanteios.
Aos 3, a primeira chegada perigosa do Flamengo. William Arão lançou Guerrero, que, de cabeça, enfiou para a entrada de Fernandinho pela esquerda. O atacante venceu Carlos César na corrida e chutou cruzado, mas o chute não saiu perfeito e Victor espalmou para escanteio. Diego cobrou pela direita e levantou na área, a zaga rebateu e Gabriel aproveitou o rebote e soltou a bomba, mas a bola desviou na defesa e saiu por cima do travessão do Galo.
Aos 10 foi a vez do Atlético ameaçar a meta rubro-negra. Cazares saiu rasgando em direção à área e acabou caindo, mas a bola sobrou para Fred na meia-lua e o atacante acertou belo chute, que obrigou Muralha a fazer grande defesa e evitar o gol.
O Flamengo passou a apertar mais o Galo em seu campo a partir dos 20 minutos. Aos 32, Gabriel levantou na área, Erazo rebateu e a bola sobrou para Márcio Araújo. O volante mandou de cabeça para Guerrero na área e o peruano deu um lindo toque para a entrada de Diego pela direita. O meia se esticou todo e chutou de primeira antes da bola cair e abriu o placar no Mineirão.
O gol abalou o time Mineiro, que demorou a se encontrar e permitiu uma sequência de contra-ataques perigosos dos cariocas. Aos 34, Diego conduziu pelo meio e abriu na esquerda para Fernandinho. O atacante dominou e encheu o pé, mas Victor fez grande defesa e mandou para escanteio.
Na cobrança, Fernandinho levanta na área e Guerrero acerta o cabeceio, mas a bola passa perto da trave e sai pela linha de fundo.
O Fla ainda teve outra ótima chance de ampliar aos 40 minutos. Gabriel cruzou e Guerrero, na entrada da pequena área subiu mais que a zaga outra vez e cabeceou forte. A bola foi no gol e Victor operou outro milagre.
O técnico Marcelo Oliveira não esperou a bola rolar no segundo tempo, e já promoveu uma substituição no intervalo. Juan Cazares saiu para a entrada de Luan.
Mas não foi só isso que mudou no Atlético. A equipe voltou disposta a buscar o empate e partiu para cima do Flamengo, e se Victor teve muito trabalho no primeiro tempo, foi Muralha quem brilhou no segundo.
Com um minuto de jogo, Otero cobrou falta da intermediária e acertou um chute forte que caiu no canto esquerdo do goleiro do Fla, que estava bem posicionado e fez a defesa.
Dois minutos depois, Júnior Urso tomou a bola de Diego no grande círculo e ligou o contra-ataque. Ele entragou para Robinho, que tocou para Fred e este enfiou em profundidade para Urso. Muralha saiu do gol e se jogou na bola antes do atleticano alcançar e impediu o gol.
O Flamengo permitia que o Atlético o sufocasse em seu campo e as jogadas de perigo se sucediam. Aos 11, Réver e Márcio Araújo se atrabalharam e Fred se aproveitou para colocar Robinho cara a cara com Muralha. O atacante tirou do goleiro mas Jorge salvou e afastou o perigo.
O Fla tenta responder aos 15. Diego foi lançado na ponta direita, venceu o marcador na corrida e cruzou para o meio da área. Erazo tentou cortar e acertou a própria trave.
Aos 22 minutos, Fred mandou para as redes, mas o lance foi anulado. O atacante estave em impedimento.
Aos 34, finalmente o Atlético chegou ao empate. Réver segurou Fred na área e o árbitro assinalou o pênalti. Robinho cobrou com categoria e deixou tudo igual no placar.
O gol inflamou ainda mais o Galo, que, empurrado pela sua torcida, consegiu virar o placar aos 41. Lucas Pratto recebeu de Robinho e tocou na saída de Muralha, levendo o público no Mineirão à loucura.
O Flamengo, contudo, não estava morto. Três minutos depois, Diego chutou, a zaga desviou e a bola sobrou para Guerrero na altura da marca do pênalti. O peruano, em grande fase, bateu de virada e estufou a rede de Victor, dando números finais ao espetáculo.
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário