Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Jovens são ameaçadas por foto com suspeita de esquartejamento

Imagens foram divulgadas em grupos de rede social e caso relatado na Central de Polícia de Arapiraca; suspeita de crime em Girau segue foragida 
Em foto, jovens aparecem ao lado de Thayse Duarte, suspeita de esquartejamento no interior
FOTO: REPRODUÇÃO/ARQUIVO PESSOAL
A Polícia Civil segue com as buscas a Thayse Nascimento Duarte, de 19 anos, apontada como a responsável pelo esquartejamento de Genaldo Vieira dos Santos, 46 anos, na madrugada do último dia 12, no município de Girau do Ponciano, Agreste de Alagoas. E esta semana, além das diligências no sentido de localizar e prender a suspeita, a polícia também passou a dispensar atenção a duas jovens que estariam sendo ameaçadas após a divulgação de fotos em que aparecem ao lado de Thayse.
Assustadas, as jovens estiveram, na última segunda-feira (17), na Central de Polícia de Arapiraca, onde relataram as ameaças, que tiveram início após as fotos ganharem as redes sociais.
O detalhe é que uma das fotografias foi utilizada pela própria polícia no sentido de divulgar a identidade da suspeita, em busca de informações sobre o seu paradeiro. Segundo o delegado Waldecks Pereira, que investiga o caso, a identificação também foi possível graças à tatuagem que Thayse possui no pé direito - tatuagem esta que é visualizada em vídeo feito pelo grupo criminoso durante o esquartejamento.
Após a divulgação dos comentários via rede social, as jovens, que são irmãs, elaboraram um comunicado em que destacam o trabalho da polícia, informando que ambas não têm qualquer ligação com o crime. No mesmo comunicado, revelam que a fotografia é do carnaval de 2015 e que, à época, a mãe da suspeita - que também aparece na imagem - estava a se relacionar com um parente das jovens ameaçadas. 
Na segunda-feira, coletiva de imprensa na sede da Secretaria de Segurança Pública apresentou quatro homens - Romário dos Santos Silva, de 26 anos, Ubirajara da Silva Santos, 26, Brismark Lisboa, 24, e Eduardo Fernandes dos Santos, 30 - e uma menor de 16 anos, suspeitos de envolvimento no crime. A adolescente, inclusive, teria admitido participar do esquartejamento "por diversão".
or Gazetaweb, com Já é Notícia
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário