Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Polícia Militar prende em Olho D’água do Casado, dupla suspeita de assaltos nos Estados de Alagoas e Sergipe

Cortesia: 9º BPM
Dois homens suspeitos de roubos na região do Alto Sertão alagoano e Sergipano, foram presos na tarde desta terça-feira (15), por volta das 12h30, bairro Pedrinhas, em Olho D’água do Casado. Os presos foram identificados como: Fábio Bezerra da Silva, 27, e Lucas da Silva Xavier, 22, conhecido como “Luquinhas ou Pitú”.
Segundo informações da polícia, os suspeitos foram presos após uma denúncia informando que dois homens em uma motocicleta de cor preta estava se dirigindo ao município. Uma guarnição do Grupamento de Polícia Militar (GPM), comanda pelo sargento Gildo Alves e o soldado Jonas, conseguiram localizar e prender a dupla de assaltantes.
Com os acusados a polícia apreendeu um revólver calibre 32, com três munições intactas, uma faca, R$ 216,00 reais e uma cédula de R$ 100,00 falsa. A motocicleta, uma Honda CG 150cc, de cor preta e EXF-2375, foi tomada de assalto na manhã desta terça-feira (15), na cidade de São José da Tapera.
Os dois foram conduzidos para a Delegacia Regional de Polícia (1ª DRP), de Delmiro Gouveia, onde foi reconhecido por uma vítima que teve um relógio e uma quantia em dinheiro levados pela dupla de assaltantes na cidade de Canindé do São Francisco/SE. “Eles chegaram e roubaram meu relógio e o dinheiro que tinha, não contente em levar meus pertences, um deles mim agrediu com um tapa no rosto”. Falou o Sr. Gilson Nota, vítima.
Lucas que é morador de Inhapi e Fábio morador de Canindé, já tem várias passagens pela polícia alagoana, eles são suspeitos de praticarem assaltos nos estados de Alagoas, Sergipe e Bahia. Os dois suspeitos estão presos e à disposição da justiça.

Fonte: Editora Guia Mais
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário