Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Quem não faz, leva: ASA joga melhor, mas CRB vence com gol de Elias

Equipe alvinegra teve mais chances de gol, mas não soube aproveitar. No fim, atacante do CRB marcou de pênalti para dar vitória ao clube praiano
FOTO: AILTON CRUZ/ GAZETA DE ALAGOAS
Em jogo bastante disputado, o CRB venceu o ASA pelo placar de 1 a 0, na tarde deste domingo (5), no Estádio Rei Pelé, em partida válida pela 8ª rodada do Campeonato Alagoano. O único gol da partida foi marcado aos 47 do segundo tempo, pelo atacante Elias, de pênalti.
Com este resultado, o Galo segue isolado na liderança do grupo A, enquanto o Alvinegro arapiraquense - também já garantido no hexagonal - caiu para a segunda colocação na chave B, devido à vitória do CSA contra o CEO.
Agora, o ASA vai receber o Sete de Setembro no dia 12 de março, às 16h. Já o CRB, vai à Boca da Mata para enfrentar o Santa Rita, no dia 19. Antes, porém, o Galo terá novo compromisso pela Copa do Nordeste, encarando o Azulão, no próximo sábado, no Rei Pelé.
O jogo
ASA levou muito perigo ao gol do CRB nas bolas cruzadas na área
FOTO: AILTON CRUZ/ GAZETA DE ALAGOAS

CRB e ASA fizeram um jogo bastante disputado. O Galo começou melhor, tomando a iniciativa, mas a defesa alvinegra, bem montada, dificultou as ações do clube praiano, que parecia sentir a ausência de Mailson, lesionado. Chico jogou em seu lugar, mas sem a mesma mobilidade lá na frente.
A partir dos 20 minutos, o Alvinegro mudou a forma de jogar, colocando o time para frente. Com o jogo mais franco, as chances começaram a surgir para os dois lados. Aos 29 da etapa inicial, Neto Baiano recebeu bom lançamento, mas finalizou muito mal, por cima do gol.
O ASA respondeu aos 32 minutos, quando Leandro Kivel recebeu cruzamento na área, mas perdeu a oportunidade ao errar o cabeceio. Três minutos depois, em nova bola alçada à grande área, a zaga regatiana falhou ao afastar a redonda, mas ninguém do Fantasma chegou para finalizar.
2º tempo
Já na segunda etapa, a equipe alvinegra se sobressaiu, criando grande chance logo aos dois minutos. Léo Campos pegou sobra de bola e chutou cruzado, mas pegou mal e viu a redonda sair pelo lado esquerdo do gol de Juliano.
Jogo foi bastante "pegado", principalmente na segunda etapa
FOTO: AILTON CRUZ/ GAZETA DE ALAGOAS
Dois minutos depois, o Alvinegro voltou ao ataque. Em um cruzamento venenoso, Juliano espalmou e, no rebote, Doda mandou no gol, mas a bola acertou a cabeça de zagueiro alvirrubro e foi para fora.
O CRB tentava responder, mas esbarrava na marcação do rival. Até que, aos 15 minutos, Léo Condé fez duas alterações, tirando Neto Baiano, que segue em má fase, e o meia Sérgio Mota. Elias e João Paulo, respectivamente, foram os substitutos.
Apesar das mudanças, o Alvinegro continuou a deter as melhores chances, como aos 21 minutos. Em mais uma bola alçada na área do CRB, o ASA acertou o travessão do goleiro Juliano em cabeceio no segundo pau. No rebote, ninguém conseguiu a conclusão e a zaga do Galo afastou o perigo.
Pouco depois, Maurílio Silva sacou Doda para a entrada de Jean Carlos, que, no seu primeiro lance, já levou perigo à meta de Juliano. Ele avançou pela esquerda, fintou o zagueiro e arrumou para Kivel, que, de frente para a barra, desperdiçou grande chance de marcar, chutando para fora.
Elias marcou e foi comemorar com os companheiros no banco de reservas
FOTO: AILTON CRUZ/ GAZETA DE ALAGOAS
Na sequência, os treinadores realizaram duas substituições cada. No ASA, Léo Campos saiu para a entrada de Diego Góes. Pelo CRB, Clebinho entrou no lugar de Danilo Pires, também meio-campista.
No final, o ASA diminuiu o ritmo, com o CRB partindo para cima. E o excesso de vontade acabou resultando em expulsão para ambos os lados, depois que o zagueiro regatiano Flávio Boa Ventura e o atacante Leandro Kível trocaram agressões na grande área. 
Com um homem a menos, o treinador alvinegro processou sua última alteração, colocando Tiago Souza no lugar de Téssio. Porém, já nos acréscimos, o Alvinegro acabou punido com a máxima do futebol, aos 47 minutos.
O zagueiro Adalberto aproveitou cruzamento para cabecear à queima roupa. Cetin fez boa defesa e, no rebote, o mesmo defensor foi agarrado na área. O árbitro Charles Hebert marcou o pênalti e o atacante Elias, na cobrança, chutou com direito à cavadinha, deslocando o goleiro e assinalando o golaço: 1x0.
 Por Marcio Chagas | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário