Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Vereador é morto a tiros após briga sobre política, no interior de Alagoas

Neririvan ainda foi socorrido ao UEA, mas não resistiu (Crédito: Cortesia ao TNH1)
O vereador Neirivan de Oliveira da Silva, de 43 anos, foi morto a tiros na noite desse domingo (7), após uma discussão sobre política em um bar, na zona rural do município de Craíbas, no Agreste de Alagoas, mesma cidade onde exercia o cargo.
Segundo informações colhidas na Delegacia Regional pela equipe da Rádio Pajuçara FM Arapiraca, o principal suspeito de ter efetuado os disparos é conhecido como “Biu do Tonho Domingos”. Ele trabalha como marchante em Craíbas.
De acordo com o delegado Gustavo Xavier, que coordena as buscas por “Biu”, após a discussão, Neirivan teria ido ao banheiro no bar, onde foi surpreendido pelo marchante, que atirou várias vezes. Três disparos atingiram o vereador, dois nas costas. “Após o atentado, Biu deixou o local com a arma em punho e ameaçando as pessoas”, relatou Gustavo Xavier.
Além da discussão, a polícia tem outra linha de investigação, que pode estar relacionada a uma rixa antiga entre a família de Neirivan e o autor do crime.
Populares socorreram o vereador até a Unidade de Emergência do Agreste (UEA), onde ele passou por cirurgia porém não resistiu aos ferimentos e morreu durante a madrugada desta segunda. O corpo da vítima já foi transferido para o IML de Arapiraca, onde será periciado e liberado para sepultamento.
Desde que foi confirmado o atentado, diversas guarnições da polícia militar e agentes da delegacia regional de Arapiraca fazem buscas na tentativa de capturar o marchante, que permanece foragido.
Neirivan ocupava cargo público pela primeira vez e foi o vereador mais votado nas últimas eleições em Craíbas.
Fonte: Com Rádio Pajuçara FM Arapiraca
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário