Uma atitude pode mudar o mundo. Doe para o CASCA

Com dois golaços de Chico, CRB bate líder América-MG por 2x1 e assume 6º lugar

Galo define vitória em casa no 1º tempo de partida que teve Zé Carlos expulso; próximo desafio é contra o Ceará, no Castelão
Chico comemora seu segundo gol; meia foi o nome do jogo
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS
Após quatro partidas sem vitória, o CRB voltou a fazer o dever de casa e, na noite desta sexta-feira (04), no Estádio Rei Pelé, conquistou importante vitória pela 19ª rodada do Brasileiro da Série B. Contra o líder América-MG, o Galo mostrou sua força jogando no Trapichão e definiu o resultado ainda no primeiro tempo, com dois golaços do meia Chico, o nome do jogo que teve dois jogadores expulsos, entre eles, o atacante Zé Carlos.
O jogador regatiano foi expulso por se desentender com o atacante Bill. Insatisfeito, ainda trocou agressões com o jogador do Coelho na entrada dos vestiários e, com isso, pode pegar gancho ainda maior. Além dele, o técnico Dado Cavalcanti também não poderá contar com outro homem de frente, já que Neto Baiano tomou o terceiro cartão amarelo e terá de cumprir suspensão contra o Ceará, no sábado (12), no Castelão.
Em compensação, o zagueiro Flávio Boaventura - cujo substituto, o também volante Audálio, foi um dos destaques da partida - e o volante Yuri cumpriram suspensão e devem retornar à equipe alvirrubra.
Com o resultado, o CRB saltou quatro posições, assumindo, ao menos provisoriamente, a sexta posição, com 28 pontos. E o Galo só está atrás de Ceará - primeiro time a figurar no G4 - e Guarani-SP pelo saldo de gols. Porém, ambos os rivais ainda vão entrar em campo neste sábado, no complemento da rodada.
De início, Botelho substituiu Diego na lateral por opção do técnico Dado
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Outro detalhe é que, também neste sábado, o torcedor regatiano vai torcer por tropeços de Juventude, Paraná e Londrina, que encaram Santa Cruz, Boa Esporte e Vila Nova, respectivamente.
O América, por sua vez, segue isolado no topo da tabela, sem ser ameaçado por ninguém até a conclusão deste 1º turno de competição - o time do técnico Enderson Moreira volta a campo na sexta-feira (11), encarando o lanterna Náutico, no Independência.
O jogo
A partida começou com o CRB marcando em cima, apesar da dificuldade para concluir em gol. Tanto que a primeira chance da partida foi do América, aos 11 minutos, quando Matheusinho dominou pela esquerda e abriu espaço para o chute forte da entrada da área, vendo a bola explodir no travessão, quando o árbitro já assinalava impedimento.
Neto Baiano tomou o terceiro amarelo e vai desfalcar o CRB
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Porém, quando reagiu, o Galo botou duas bolas na rede, fazendo a alegria da torcida ao abrir o marcador com 36 minutos. Edson Ratinho recebeu pela direita e cruzou na cabeça de Chico, que, de peixinho, testou no ângulo superior direito do goleiro João Ricardo, que sequer tentou alcançar a redonda: 1x0.
Já o segundo gol veio dois minutos depois, quando o mesmo Chico foi lançado pela esquerda, deixou dois marcadores na saudade e tocou com categoria, mesmo sem ângulo para a conclusão, surpreendendo o goleiro. A bola ainda acertou o poste antes de entrar e Chico saiu para o abraço: 2x0.
Porém, já no segundo tempo, o Galo tomou um susto logo com cinco minutos, quando Ernandes foi lançado pelo meio, após troca de passes envolvente, e saiu na cara do gol, chutando rasteiro da entrada da área e acertando o cantinho esquerdo do goleiro, sem chance para Edson Kölln: 2x1.
Momento do segundo gol de Chico, com zagueiro do América ao chão
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Contudo, o Galo não se afobou e, apesar de já não criar o bastante no tempo final, conseguiu neutralizar as investidas do Coelho, administrando o grande resultado. E o CRB ainda teve uma boa chance de aumentar a vantagem, aos 8 minutos, em cobrança de falta ensaiada. O zagueiro Audálio surgiu nas costas da defesa, cabeceando à queima roupa para João Ricardo defender no susto.
A disputa seguia bem norma até que, aos 37 minutos, o atacante Zé Carlos (que havia substituído Neto Baiano) quase botou tudo a perder. Após ser expulso ao se desentender com o atacante Bill - o jogador do América também foi para o chuveiro mais cedo -, Zé Carlos resolveu enfrentar o companheiro de profissão já no acesso aos vestiários, trocando socos que ganharam as lentes de todo o país. 
Zé Carlos e Bill se agrediram na entrada para os vestiários
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS

Por isso, o atleta já conhecido pelo "pavio curto" pode pegar punição superior à automática, caso seja denunciado ao STJD. Já fora de campo, o torcedor regatiano fez bonita festa no Rei Pelé, apesar da ansiedade pelo fim do jogo que durou 55 minutos no segundo tempo, devido à confusão no gramado. Antes, porém, Dado ainda trocou Elvis pelo também meia Tony, com Ratinho dando lugar a Jorginho, outro meio-campista.
Torcedor regatiano compareceu em bom número e fez a grande festa
FOTO: AILTON CRUZ/GAZETA DE ALAGOAS




















Por Bruno Soriano | Portal Gazetaweb.com
Compartilhar no Google Plus

About tvmais delmiro

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário